Ganesha e a prática do Yoga

Leitura: 3 min

Você sabe quem é Ganesha?

É um Deus Hindu e sua linhagem é uma das mais conhecidas. Filho de Shiva (criador do Yoga) e Parvati, Ganesha é o destruidor de obstáculos (Vinayaka, no hinduísmo). Sempre teve em seus seguires, homens de negócio e mercadores, porém, atualmente, Ganesha atrai pessoas que se encontram com dificuldades variadas, por seu poder de remover obstáculos e também o buscam para solicitar sucesso em seus projetos.

Mas como surgiu Ganesha?

Sua história é bem interessante, conta a lenda que Shiva, já casado com Parvati, estava desanimado e inquieto, olhava reflexivo para a janela e suspirava quando observava as montanhas. Parvati, sua esposa, percebeu e sugeriu que o marido fosse viajar e meditar, pois, desde que estavam casados, Shiva não praticava mais meditação. Shiva sempre foi aventureiro, gostava de dançar, praticar yoga e não gostava de ficar em casa por tanto tempo.

Shiva e Parvati moravam em um bangalô no Monte Kailasa nos Himalayas e viviam felizes. Shiva perguntou se Parvati não iria sentir-se sozinha, enquanto estava ausente e sua esposa negou, falando que iria se ocupar, reformando o local que moravam.

Shiva meditou por anos (ficou tão imerso em sua meditação que não viu o tempo passar). Ao voltar para casa, Shiva, que estava com aparência selvagem, olhou para o portão, observou um garoto e questionou-se se aquela era sua casa. O garoto não deixou Shiva entrar e Shiva, furioso, com seu terceiro olho e arrancou-lhe a cabeça.

Parvati desesperada falou que aquele era Ganesha, seu filho. Shiva, ao desculpar-se, falou que o primeiro ser que estivesse “dormindo” errado, ele iria cortar a cabeça e encaixar no corpo de Ganesha.

Dormir errado significava qualquer ser que dormisse com a cabeça virada para o sul, o certo seria dormir com a cabeça virada para o norte. Após percorrer milhas, Shiva encontrou um filhote de elefante que “dormia errado” e cortou-lhe a cabeça.

Parvati não gostou nada dessa ideia de cabeça de elefante e foi pedir ajuda a Brahma e Vishnu, que nada puderam fazer, pois não podiam passar por cima da autoridade de Shiva, mas atribuíram poderes ao garoto com cabeça de elefante.

Ganesha então seria aquele removedor de obstáculos, que traz fortuna e seria reverenciado antes de todas as cerimônias religiosas.

Até hoje Ganesha é o deus mais querido e adorado na Índia.

Simbologia nos detalhes

Cada detalhe da imagem de Ganesha tem um significado.

  • Grandes orelhas: para escutar o outro
  • Cabeça grande para pensar grande
  • Grandes olhos para enxergar além
  • O machado em uma de suas mãos simboliza o desapego, para cortar os apegos do mundo material que acabam por gerar sofrimento e dor
  • Na segunda mão, Ganesha carrega um chicote, que simboliza a força que leva as pessoas em direção a fé dos deuses.
  • Na terceira mão, Ganesha faz uma pose de proteção e benção
  • Na quarta mão, Ganesha segura uma flor de Lótus (padma), que simboliza a realização do seu verdadeiro eu
  • Seu grande estômago simboliza digerir com leveza e pacificamente o bom da vida, absorver os sofrimentos da humanidade e proteger todos os seres
  • Colmilho quebrado simboliza os sacrifícios para atingir a felicidade
  • As flores em seus pés representam dar e compartilhar e também sobre o desapego
  • O rato, ao lado de Ganesha simboliza a habilidade do deus para se aprofundar em qualquer cantinho da mente.

Mantra e o Yoga

A palavra Mantra vem do sânscrito e significa “Man” pensamento, mente e “tra” que significa instrumento, ou seja, é o “instrumento para o pensamento”.

Mantras são ferramentas poderosas que consiste na repetição de palavras afim de se alcançar a paz, os mantras também provocam reflexão e estão presentes nas práticas de yoga.

Existem vários mantras dentro do Yoga, presentes nos Vedas, textos mais antigos da civilização indiana.

Os mantras ajudam a limpar a mente e a ativar frequências espirituais.

Os mantras estão conectados com o mesmo propósito do yoga, que é a liberdade ou Moska.

Moska significa desapegar-se da ideia de que somos seres limitados, limitados pela morte, pelo corpo físico, pelo tempo, é uma mudança interna, em como você se vê e sente (um ser livre).

Mantra do Ganesha

Existe um mantra para Ganesha, que remove obstáculos e que consiste em 4 palavras:

OM: estabelece conexão inicial com a divindade

GAM: significa ir, vir, afastar-se, mover-se, é um verbo

GANAPATI: um dos nomes de Ganesha. Significa “tropa do senhor”

NAMAS:  significa adoração, no mantra se pronuncia NAMAH.

Uma dica é utilizar seu Japamala para entoar este mantra.

Em suas práticas de Yoga você entoa mantras? Qual seu mantra favorito? Deixa aqui nos comentários.

Namastê!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket
Om Joy

Om Joy

A filosofia do Yoga nos encanta e nos inspira dentro e fora do Mat. Ela nos traz a visão do mundo como um lugar belo no qual só depende de nós criar uma realidade igualmente bela. E é daí que surgiu a Om Joy! Queremos levar essa inspiração a todos que se sentem de alguma forma tocados por essa filosofia. Queremos ser o cantinho online onde você encontra tudo relacionado ao Yoga. Não deixe de conhecer nossa Loja online 100% voltada para o Yoga! =)

Cupom de desconto OM JOY!

12%

de desconto

Para usar em nossa loja virtual!

Horas
Minutos
Segundos

Insira Agora seu e-mail e destrave o cupom!

Aqui esta seu cupom!

Copie e cole no carrinho de compras do site

				
					OMBLOG12
				
			

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram